Artigos

Ferramenta SMART: como ela pode ajudar a definir as metas do seu planejamento estratégico

Todos nós temos objetivos e metas, seja na vida profissional ou pessoal. As empresas, da mesma forma. Nesse sentido, a ferramenta SMART pode ser uma grande aliada na hora de definir as metas do seu planejamento estratégico.

Uma confusão geral que costuma acontecer é com relação às metas e objetivos, mas basicamente:

  • Objetivo: é o termo mais amplo e genérico, refere-se ao qualitativo. A sua empresa pode, por exemplo, estabelecer o objetivo de fazer crescer sua participação no mercado.
  • Meta: expressa o sentido mais específico, refere-se ao quantitativo. Logo ela complementa o exemplo do objetivo, definindo o quanto a empresa pretende faturar para crescer. Ou, ainda, quantos clientes pretende ter.

 

Para que as metas não deixem espaço a dúvidas e desconfianças, elas devem ser claras e diretas. A ferramenta SMART ajuda nesta definição, levando em conta 4 atributos.

Ferramenta SMART

S (Específico)

É o mesmo que specific (específico). Ou seja, uma meta deve ser específica naquilo que quer. Se o objetivo é aumentar a receita (faturamento), o gestor deve especificar o valor.

M (Mensurável)

Atribui-se a measurable (mensurável). A meta em si é necessariamente mensurável. Seu papel é justamente tornar mensurável um objetivo que muitas vezes é subjetivo. Posso ter um objetivo de ser uma empresa líder de mercado. A meta, neste caso, vai mensurar a liderança em termos numéricos.

A (Atingível)

Vem de achievable (atingível). Este atributo tem a ver com a probabilidade e a viabilidade da meta ser atingida. Determinar uma meta impossível gera uma tremenda frustração, tanto no gestor como na equipe de trabalho. A meta deve estar dentro de uma realidade possível.

R (Relevante)

Corresponde a relevant (relevante). As metas precisam ter um grau de importância. Não é interessante criar metas que não façam sentido e que não merecerão atenção das partes interessadas.

T (Temporal)

Vem de time (temporal). Toda meta deve ter um tempo, um período para ser atingida. Estabelecer uma meta sem um prazo determinado não gera comprometimento, muito pelo contrário, ela será ignorada.

 

 Em suma, as metas devem ser específicas, claramente alcançáveis e mensuráveis, com um prazo pré-estabelecido e que possuem sintonia com os objetivos da empresa.

Como você vinha definindo as suas metas? Conhecia a ferramenta SMART? Compartilhe conosco.

 


O Scopi é o software número 1 do planejamento estratégico no Brasil. Ele descomplica a criação e agiliza a execução do seu planejamento estratégico. Integra num só lugar canvas, swot, mapa estratégico, indicadores, metas, projetos e processos. Não deixe de conhecer acessando o site.

Compartilhe:

Você também pode se interessar
diagnostico estrategico
40 questões que vão ajudar você a pensar o seu negócio
Sobre a Geração Digital – Parte 2